Posted | 4 comentários

   
   
Share  

A cultura brasileira é uma das mais ricas culturas mundiais. Infelizmente, olhando para as nossas crianças podemos perceber que elas pouco conhecem da sua própria identidade. Pensando nisso, decidimos levar um pouco dos nossos ritmos para crianças em situação de vulnerabilidade, as quais não tem acesso a eventos desta natureza.

Esse projeto contempla aspectos sociais, culturais e ambientais e é destinado à beneficiários do Programa Bolsa Família do município de Anápolis, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

Realizado nos três dias que antecedem o evento, consistindo em oficinas de percussão ministradas, no local do evento, pelos músicos Léo Barbosa e Ismael Rattis, experientes professores que viajam o país o ano todo realizando este trabalho com o Projeto “Eu faço Cultura”, do pessoal da Caixa Federal.

Nosso projeto tem como principal objetivo oferecer uma oportunidade para que as capacidades musicais sejam despertadas. Assim sendo, os professores trabalham com os alunos presentes nesses dias, uma musica, para que os mesmos se apresentem no palco principal do Prosa & Canto, acompanhados pelo Grupo de Chorinho Marambaia.

No trabalho com essa música, os professores procuram passar conceitos e técnicas de instrumentos de percussão e mostram alguns ritmos nacionais como o Baião, Afoxé e Maracatu.

No terceiro dia das oficinas, uma parte da aula será dedicada à construção de instrumentos com material reciclável. Para desenvolver a consciência ambiental e as possibilidades de trabalho com este tipo de material, os alunos são incentivados a levar para a oficina, materiais como garrafas pet, latas de refrigerante, tampas de garrafa, conduítes e outros que possam ser transformados em instrumentos de percussão.

Cada aula dura cerca de 3 horas.

Clique na imagem abaixo para ampliar e navegar.